Português

PROGEP examina formas de melhorar o clima organizacional na UFC

4 de maio de 2021

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) lançou a proposta “Como implementar ações para melhorar o clima organizacional da UFC?” como desafio a ser solucionado pela comunidade acadêmica na edição de 2021 do Programa de Inovação Colaborativa – Hackathon Inovando UFC. A temática é uma inquietação constante da unidade, que busca, por meio de ações voltadas para os servidores docentes e técnico-administrativos, formas de consolidar o reconhecimento da Universidade Federal do Ceará como um excelente local para se trabalhar.

Nesse sentido, para auxiliar os interessados em participar do Hackathon, a PROGEP divulga o resumo dos resultados de duas pesquisas de clima realizadas com servidores da UFC, uma em 2018 e a outra em 2020. 

PESQUISA DE CLIMA DE 2018 A pesquisa de clima realizada em 2018 demonstrou que a percepção dos servidores sobre o ambiente de trabalho de sua unidade de lotação é melhor do que o da organização como um todo. Foram analisadas as dimensões Credibilidade, Respeito, Imparcialidade, Orgulho e Camaradagem, por meio de 66 afirmativas. A cada proposta era atribuída uma nota de 1 (pior) a 5 (melhor) pelo participante.

Dentre essas categorias, a mais bem avaliada foi a dimensão Orgulho, tanto no âmbito da “Visão Área” (local de trabalho e chefia imediata) quanto da “Visão Organizacional” (instituição como um todo), obtendo a média de 78% nas notas 4 e 5.

O quesito que obteve maior diferença entre a “Visão Área” e a “Visão Organizacional” foi a afirmativa “É fácil se aproximar dos gestores e é também fácil falar com eles”, com 81% dos entrevistados atribuindo notas 4 e 5 à unidade em que são lotados. Mesmo assim, a porcentagem que considera que a frase faz jus sempre ou na maioria das vezes à realidade da organização como um todo é de 53%.  

Outro ponto de destaque é que, em uma escala de 0 a 10, a maioria dos respondentes indicaria a organização para um amigo trabalhar (44% registraram a nota 10). O estudo também mostrou que 60% dos servidores têm interesse em continuar trabalhando na Instituição a longo prazo. A possibilidade de obter na UFC maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional foi apontada, pela maioria, como o principal motivo para os servidores permanecerem na universidade.

PESQUISA DE CLIMA DE 2020 A mesma metodologia da pesquisa realizada na UFC em 2018 foi utilizada em todos os órgãos do Governo Federal em 2020. Analisando os dados disponibilizados, é constatado, também na pesquisa mais recente, que os servidores consideram o clima organizacional em seus setores de lotação mais favorável que o da Instituição como um todo. Novamente, a dimensão Orgulho obteve os melhores resultados na avaliação dos respondentes, com a média de 74% nas notas 4 e 5.

Destacaram-se, na análise, as afirmativas “É importante para mim que meu trabalho contribua para o bem comum”, apontada como sempre ou na maioria das vezes verdade para uma média de 97% dos respondentes, e “Me identifico com a missão do meu órgão”, que obteve uma média de 85% nas notas 4 e 5. A imparcialidade no tratamento dado aos servidores, independentemente de idade, cor ou etnia, gênero e orientação sexual, também é apontada como um ponto forte da UFC na pesquisa.

A afirmativa mais colocada como ponto que precisa ser melhorado é a “Temos benefícios especiais e diferenciados aqui”, do âmbito Respeito, tanto do ponto de vista da área como organizacional.

RESULTADOS De acordo com o pró-reitor de Gestão de Pessoas, Marcus Vinícius Machado, os resultados dessas pesquisas estão sendo considerados na implantação de ações voltadas para o público interno. “Temos algumas ações que podem ser ligadas às inquietações levantadas nas pesquisas, como o nosso Programa de Desenvolvimento de Gestores, que será lançado ainda neste ano e procurará auxiliar na demanda por ampliar os feedbacks dados por parte das chefias. Além disso, continuamos trabalhando também nossos pontos fortes, com a consolidação da Semana do Servidor UFC, que trabalha bem a questão do orgulho de fazer parte dessa Instituição, e dos nossos programas de capacitação e qualidade de vida”, ressalta.

A pró-reitora-adjunta de Gestão de Pessoas, Telma Araújo, explica que, com a proposta lançada pelo Hackathon, a PROGEP espera poder trabalhar ainda mais dentro da temática e desenvolver novas ações. “Entendemos a importância de envolver a comunidade acadêmica na busca de soluções que ajudarão a, cada vez mais, tornar a UFC um excelente local para se trabalhar”, pontua.

Leia o resumo das pesquisas de clima de 2018 e 2020.

Fonte: Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas; e-mail: progep@ufc.br.