Português

PROGEP alerta para importância da prevenção ao câncer de mama

6 de outubro de 2020

Em adesão à campanha Outubro Rosa, que destaca a importância da prevenção ao câncer de mama, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP), por meio da Divisão de Apoio Psicossocial (DIAPS), alerta para a importância da adoção das medidas de cuidado com a saúde e a prevenção deste tipo de câncer.

O câncer de mama é a primeira causa de morte por câncer em mulheres no Brasil. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, em 2020 a incidência estimada de novos casos de câncer de mama chega, aproximadamente, a 66.280 novos casos. Em 2018, o câncer de mama ocasionou 17.572 óbitos em mulheres.

Não é possível correlacionar o aparecimento da doença a uma única causa somente. Um dos mais importantes fatores de risco da doença é a idade (aproximadamente quatro em cada cinco casos de câncer de mama ocorrem após os 50 anos).
Outros fatores podem aumentar o risco da doença como:

Fatores ambientais
● obesidade e sobrepeso após a menopausa;
● sedentarismo e inatividade física;
● consumo de bebida alcoólica;
● exposição frequente a radiações ionizantes (Raios-X).

Fatores da história reprodutiva e hormonal
● primeira menstruação antes de 12 anos;
● não ter tido filhos;
● primeira gravidez após os 30 anos;
● parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos;
● uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona);
● ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente por mais de cinco anos.
Fatores genéticos e hereditários
● história familiar de câncer de ovário;
● casos de câncer de mama na família, principalmente antes dos 50 anos;
● história familiar de câncer de mama em homens;
● alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2.