Português

Ministério da Economia prorroga prazo para compensação de horas do recesso natalino

12 de maio de 2020

O Ministério da Economia definiu, em portaria publicada nessa segunda-feira (11), que os servidores que optaram por gozar o recesso natalino do ano de 2019 terão até três meses após o fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional decorrente do coronavírus (COVID19) para cumprir a compensação das horas não trabalhadas durante o período.

Assim que a data exata para o final da compensação for fixada, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) divulgará ofício-circular com demais instruções.

FREQUÊNCIAÉ possível acompanhar o demonstrativo de horas compensadas e pendentes de compensação no SIGPRH, no menu Consultas/Frequência/Demonstrativo de Compensação de Horas.

Fonte: Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – WhatsApp: (85) 3366 7395